Proteção e cor

Amiga, eu já falei aqui uma vez que eu sempre uso protetor solar quando saio de casa, até pra ir na esquina, e que tenho usado e gostado bastante do Capital Soleil, da Vichy, né?

Pois bem, dia desses eu fui na farmácia e comprei novamente porque o meu tinha acabado. Aí apressada, só peguei sem prestar muita atenção e levei pro caixa. Quando fui usar o protetor, tomei um susto!

IMG_2574

O protetor que eu usava era branco, normal, e de repente ele saiu marrom! kkkkkkkkk Pois num é que existe o Capital Soleil com cor e eu não sabia, comprei sem querer! kkkkkkkk

Ele é igual ao sem cor nos aspectos toque seco (não fica melecado), cheiro gostosinho e tal. Mas confesso que no primeiro momento eu fiquei chateada de ter comprado “errado” porque ele não é muito barato né!

Aí eu passei no rosto e comecei a simpatizar, porque achei que acaba sendo uma coisa bem prática: proteção e cor ao mesmo tempo.  Ele não chega a ter cobertura de base, tá mais pra uma cobertura de BB cream, bem leve, mas é legal pra quando você não quer mesmo se maquiar, porque ele protege a pele e uniformiza as manchinhas avermelhadas. Então, você já sai de casa com a “cara” com uma aparência melhor, sem esforço.

No final das contas, achei bem legal. Uma coisa que eu não sabia, descobri por acaso, e acabei achando super prático!

Bjooo

À prova d’água? Melhor não…

IMG_2396

Amiga, quando você vai comprar uma máscara para cílios, você prefere à prova d’água ou lavável? Até um tempo atrás eu preferia à prova d’água, porque eu pensava assim “ah, essa é melhor porque não vai sair de jeito nenhum!”, então eu não tinha nem dúvidas, e todas as minhas máscaras eram assim.

Bom, mas aí eu descobri que eu estava super enganada!!! Eu já sentia bastante dificuldade de tirar a máscara quando chegava em casa, e como não saía direito, eu ficava com bastante olheiras (já notou que resquício de maquiagem nos olhos deixa as olheiras bem escuras?) a partir daí eu resolvi que no dia a dia eu só usaria as máscaras laváveis.

Eis que num curso de maquiagem com a maquiadora sênior de O Boticário, eu aprendi que você só deve usar máscaras à prova d’água quando for realmente muito necessário, evitar ao máximo, porque pra tirar você esfrega bastante os fios, e ainda assim, muitas vezes o produto não sai direito. Tudo isso provoca a quebra e a queda dos fios, ou seja, a gente usa a máscara pra bombar nossos cílios, aí a bicha vai e detona eles e a gente acaba com as pestanas bem ralinhas!!

Então amiga, evite! Essas máscaras da foto são as minhas preferidas, eu só uso as da Maybelline porque são as que realmente eu vejo deixarem meus cílios bem massa mesmo, e essas aí são laváveis, portanto, são opções de excelentes máscaras que dão um super efeito e saem mais fácil, sem precisar você prejudicar seus cílios.

Ah, e de qualquer forma, sempre prefira os demaquilantes bifásicos pra retirar a maquiagem dos olhos!

Bjooo

Saindo do long bob

Amiga, eu sou o tipo de pessoa que adora uma mudança capilar! hahaha Eu não consigo passar muito tempo com os cabelos do mesmo jeito. Sempre estou mudando o corte e tal.

Ano passado eu mostrei aqui no blog a mudança radical, do cabelo bem comprido para o curtinho no corte super fashionista que é o long bob. Eu amei super esse corte, acho ele mega moderno, estiloso, achei que ficou bem no meu formato de rosto, mas resolvi que já quero deixar crescer novamente! kkkk Camaleoa feelings!

Mas o corte long bob é um corte com características muito específicas, então pra você deixar crescer não basta simplesmente deixar de cortar o cabelo, você tem que ir modificando o corte pras madeixas não crescerem esquisitas.

IMG_9088

Essa foto acima foi no dia que cortei long bob. Ele é um corte bem reto atrás e com as pontas da frente mais longas que a parte de trás. Isso no cabelo curtinho é lindo, mas imagina um cabelo comprido reto atrás com a parte da frente maior… Não dá muito certo.

Então, pra deixar o cabelo crescer eu queria mudar o corte mas sem mexer o comprimento pra não ficar tão curto. Então a Nilda (@evanildabasílio), minha cabeleireira há 10 anos, minha fada madrinha, mais uma vez fez um corte lindo que resolveu facilmente essa questão.

IMG_2337

IMG_2345

A solução foi tirar as pontas compridas da parte da frente, e pra isso a Nilda cortou em degradê a partir da altura do meu queixo, isso deu bastante movimento e suavizou o corte, deu leveza. Na parte de trás, pra não mexer no comprimento mas tirar aquela coisa super reta do long bob, ela deu meio que uma repicada, mas bem de leve, só pra dar um “balanço”.

E só um parêntese pra falar da cor… GENTE, QUE LOIRO PERFEITO! Eu amei!!! Fiz questão de postar as fotos sem filtro e sem edição pra você ver bem o tom! Uma beleza né?!

E é isso, essa foi a minha dica pra amiga que cortou long bob e quer deixar crescer de novo, ou mesmo pra quem quer dar uma mudada no vizual!! Espero que tenha gostado!

Bjooo

Canoa Quebrada, um pedaço do paraíso na Terra

Amiga, voltando aos trabalhos, primeiro post de 2016 já vai ser bem Good Vibes! hahaha É que eu voltei de viagem ontem, passei uns dias num dos lugares que eu mais amo nesse mundo: Canoa Quebrada, no Ceará.

Essa foi a segunda vez que fui, mas desde a primeira vez eu já me apaixonei, então pra quem não conhece, vou falar um pouquinho sobre esse lugar tão perfeito.

IMG_2062

A praia de Canoa Quebrada fica a uns 160km de distância de Fortaleza, no município de Aracati. Lá é uma vila de pescadores, um local muito agradável, bem rústico, que transmite uma energia incrível.

A praia é linda, com falésias, o que torna a paisagem ainda mais espetacular. Como aqui no Piauí as praias tem outras características, é bem interessante conhecer algo assim diferente. Inclusive, de cima das falésias você já se depara com uma atividade muito legal, que é o voo de parapente. Essa eu não fiz porque sou meio medrosa pra essas coisas kkkkk mas custa em torno de 150/160 reais, é individual, e você parte de cima da falésia sobrevoando a praia. Pra quem curte essas emoções mais radicais, é uma ótima dica porque o visual deve ser maravilhoso.

Daí você desce as falésias em direção à areia da praia e lá estão alguns bares, que servem pratos típicos com frutos do mar como camarão, peixe e afins. Local delí pra pegar um sol, mergulhar no mar, se divertir com a família e tal.

Outra atividade turística bem bacana é o passeio de Buggy. Esse eu realmente indico fazer porque você consegue conhecer bem mesmo Canoa. O Buggy te leva pra conhecer o local da vila de pescadores onde tudo começou, o símbolo de Canoa Quebrada escavado nas falésias, passeia pelas dunas de areia, e você escolhe se quer com ou sem emoção! kkkkk Uma das paradas do Buggy é no salto de tirolesa! Esse é MARA e eu pulei nas duas vezes que fui pra Canoa. Uma opção é uma tirolesa mais curta que termina numa lagoa (então você cai na água) e a velocidade que você vai pode ser controlada com uma corda. A outra opção é uma tirolesa mais alta (que não cai na aguá, uma pessoa que “freia” lá no final), que é bem mais comprida e rápida, essa custa R$ 18, muito massa! Adorei!

Continuando o passeio do Buggy, ele te leva também pra um barzinho no meio do deserto das dunas, chamado Oasis, tudo rústico e lindo, você se delicia com o clima bem praiano mesmo, bem natureba. E por fim, se você fizer o passeio no final da tarde (melhor momento pra fazer esse passeio), ele te leva pra uma duna bem alta onde você tem uma vista perfeita pro pôr do Sol. Esse passeio custa R$ 150 (no cartaz deles tem escrito 200 mas você negocia e eles fazem por um preço bom) e pode ser pra até 4 pessoas, então dividido esse valor, fica barato e vale a pena demais. Se for a Canoa, não deixe de fazer esse passeio, os “bugueiros” estão por toda parte lá abordando os turistas então não é difícil achar.

À noite o movimento é na Brodway, uma rua onde você encontra bares, restaurantes e lojinhas de souvenirs, e tem pra todos os gostos. Então você tem opção de comer pizza, ou frutos do mar, ou carne, ou tomar sorvete, tomar aquela cervejinha gelada, ouvir música boa, enfim, muito divertido e você pode ficar andando, subindo e descendo a rua toda, tranquilamente, num clima muito bom.

Canoa está crescendo, então fora os bares da praia antigos que ficam ao descer das falésias, agora tem restaurantes novos, do outro lado de Canoa (o caminho é bem sinalizado com placas), que possuem estrutura muito top! São restaurantes grandes, com piscinas e tudo mais, um estilo mais moderno, diferente do rústico do restante do lugar, mas que vale muito a pena conhecer também. Eu fui no Chega Mais, e adorei tudo, comida, atendimento, ambiente, super indico.

Local pra se hospedar, eu não posso indicar assim uma determinada pousada porque como a família do meu marido tem casa lá, nós sempre ficamos nessa casa, nunca nos hospedamos em pousada, mas opção de pousada linda lá é o que não falta, viu! Então se for, dá uma pesquisada na internet antes pra poder escolher direitinho, mas já adianto que com relação à localização não há muito com o que se preocupar, tudo é muito perto, dá pra ir caminhando de um lugar pro outro.

Aqui algumas fotos da primeira vez que fui (o marido nem era marido ainda kkkk):

IMG_5475

IMG_5534

IMG_5552

E dessa segunda vez:

IMG_2297 IMG_2274 IMG_2249

E essas são minhas impressões de Canoa Quebrada, um lugar paradisíaco, vibes hippie dos anos 70, gente de todo lugar do mundo, boho life style hahaha. Quem nunca foi, vale a pena demais, não é um local caro, e é sem dúvida um dos lugares mais lindos e agradáveis que eu já conheci na vida!

Bjooo